Português Fluente | Porta dos Fundos


Neste vídeo, podemos ver um homem conversando com seu novo chefe. Este último não gosta da forma como seu empregado se dirige a ele e pede-lhe que adapte sua linguagem a outro registro, um que considera mais adequado à relação que partilham, tendo o patrão certa autoridade sobre o empregado.


Em seguida, então, o homem tenta de várias maneiras adaptar sua linguagem a um registro mais formal, mas o chefe só aceita o uso da segunda pessoa do plural: "vós". Esta forma foi deixada totalmente para trás pelo português brasileiro, então o funcionário não tem ideia de como conjugá-la. Depois de muitas tentativas frustradas, o chefe pergunta: "você não disse no seu currículo que seu português era fluente?"


Com boas doses de humor, este vídeo aborda questões importantes, como níveis de formalidade, variação e domínio da linguagem. Também ilustra uma crença enganosa que muitos brasileiros compartilham: a ideia de que o português é terrivelmente difícil e mesmo pessoas que nasceram no Brasil não podem dizer que são fluentes nele. Mas isso não é verdade!


Você já esteve em uma situação em que teve que ser altamente formal e monitorar sua linguagem para se adequar às normas prescritivas? Isso foi desafiador para você? Estamos curiosos para saber!

62 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo